Cantinhos de conforto na casa – Escolha a linha certa para piso e parede

Para quem fica em casa nas férias ainda, ou mesmo para quem retorna ao trabalho, sempre existe um ambiente na casa aonde nos sentimos acolhidos, é um cantinho só nosso, escolhido para ser aquele momento de parada no dia.
O design de interiores possibilita essa experiência, aliado ao revestir, ele confere calor, paz e um tanto de sossego para a mente.
Para Le Corbusier o conforto é trazido pela adequação entre o homem, os objetos domésticos e a arquitetura. Agrega-se a esta ideia, as propostas expostas no livro de Allan Botton, em “A Arquitetura da Felicidade” discute a questão do conforto e de como ele é essencial para o que ele chama de “gerenciar nosso pequeno caos, nossos objetos diários”, essa organização do lar nos traz conforto e aconchego, explica Botton.
Vamos ao ambiente com a linha Rigatto especificado pela arquiteta Andrea Magalhães é a exata expressão de acolhimento, de união entre a parede que “ondula” através da luminária e acompanha o design do recamier. Ambiente que sintoniza eficiência e privacidade num só resumo de peças e revestimento.

Rigatto branco - Casa Cor RS 2015 - Arq. Andréia M. - Foto Cláudio F (4)

As superfícies são desde a infância, talvez, nosso primeiro contato com o mundo real, o toque de um rosto, a água nas mãos, os tecidos que nos envolvem desde cedo. O banho é um momento assim, de retomada dos cuidados consigo mesmo. A linha Origami aqui faz companhia ideal à madeira e à banheira, mais conforto do que o mergulhar do corpo e descansar a pele ao final do dia, impossível não?
Espaço criado pela Arquiteta Magda Curi, com todos os detalhes de um belo projeto: elementos decorativos, luz natural e plantas acompanham essa sala de banho. A linha Origami traz o universo tátil ao espaço, tudo se integra para o relaxamento.

Trazer a beleza do mar, a cor da água, os pés que caminham pelo piso que associa madeira, cor de canela, nada mais com ar de férias, de idílico. A linha Madeyra Vecchia deixa o espaço da piscina e área externa tão mais aquecidos e seguros, para quais quer passos, principalmente para as crianças na piscina menor. Pedras e o gramado ao longe atuam como coadjuvantes amigáveis da linha de piso, associada a essa mística de bem-estar que a natureza nos traz.

 

 

Deixe seu comentário

Seu e-mail não será divulgado.